Momentos

O fim está quase, e os momentos aqui vividos ficarão apenas na memória. Momentos de paz e intensidade, uma mistura de sentimentos talvez.. Valeu a pena. Na verdade o que faz valer a pena, somos nós mesmos. Atitudes, decisões, não importa se é loucura ou não, apenas queremos fazer. Seja por querer, ou por impulso, atitude sempre será atitude. Tudo que a gente faz na vida, tem algum sentido. Mesmo não acontecendo ou não o que gostaríamos, na verdade tudo vale a pena. Ganhamos experiência de vida. Cada ato, cada atitude que tomamos, e mesmo que para uns possa parecer loucura, mesmo sabendo de todos os riscos e consequências, e por que não mesmo sabendo das respostas, por que tentar mesmo assim?
Estamos sempre procurando alguma resposta para nós mesmos. Diariamente queremos provar algo a alguém, mas na verdade o que temos que fazer é provar para nós mesmos. Nos perguntamos:
– Será que vale a pena fazer isso? Será que é preciso?
Em muitas vezes, procuramos a resposta, e as vezes podemos ficar desconfiados ou com medo, mas se não fizer, não saberemos a resposta. A questão não é fazer por alguém, mas sim fazer por você mesmo. Quando fizemos algo por alguém, não significa que seja diretamente a ela. Agir é que nos move e na maioria essa atitude é denominada ” impulso”. Esse é um ato, que infelizmente muitos têm. Pode ser bom ou ruim. Na maioria, agir por impulso pode até demonstrar ter atitude, iniciativa, mas por outro lado podemos nos decepcionar com as pessoas ou conosco.
É algo que não controlamos, agimos por instinto. Querer nos move a agir. A vida não pode ser assim, mas as vezes, agir por impulso nos ensina muito. E esse é o sentido da coisa. O sentindo de querer tanto, que ganhamos forças para agir. Forças para fazer algo fora do comum do que estamos acostumados.
Quando queremos tomar essas atitudes e ficamos com algum receio de fazer, seja por qual motivo, no fundo estamos em dúvidas se realmente é real ou não o que sentimos. Mas quando temos ceteza do que queremos, e a gente toma essa atitude, falam que agimos por impulso. Muitos não acreditam nas pessoas, são poucas as que tem coragem. A atitude por mais louca, ou por impulso que seja tomada, sempre será por uma razão. Independente de dar certo ou não, o que importa no final, é que você tentou. Você agiu quando muitos aindam pensam. Você pensou enquanto muitos começam. Não importa como e quando, só que vai , sem medos de ganhar ou perder. Porque tudo tem um fundamento:
“Você não pode voltar atrás e fazer um novo começo, mas você pode começar agora e fazer um novo fim”
Chico Xavier

30/07/15
11231257_10200828700835766_5467068421196545982_n

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *