Dois lados

Tem dias que ficamos analisando a vida que vivemos. Um dia podemos estar totalmente felizes e contentes por algo que queremos fazer, realizar. Em outro, podemos estar sem ânimo para nada. Tem dias, que queremos sair, se divertir. Em outro, só pensamos em durmir e não sair da cama. Há aqueles dias que acordamos com tudo e decidimos que a /melhor coisa é viver, aquele sol que ilumina a nossa vida. Em outro, podemos acordar achando que estamos  na escuridão, e que viver não é a melhor solução.

Todos nós temos dois lados. O bom e o mal, o feliz e o alegre, enfim, podemos estar felizes hoje, e tristes amanhã. Alguns vivem em constante conflitos consigo mesmo. Seus dois lados brigam, querendo ficar sempre a frente do outro. Nunca estamos satisfeitos, e se ficamos por um momento, não demora muito e ficamos desanimados.

Temos que ter certezas, mas as incertezas acabam se sobresaindo. Queremos mostrar sempre que estamos tem, mas para mascarar que na verdade, não estamos. A sociedade quer pessoas firmes, de pés no chão;  mas na verdade, a maioria não sabe nem onde colocar os pés.

Lutamos todos os dias com nós mesmos. Uma luta diária com nossos sentimentos, nossos dois lados. As vezes, achamos que tudo está indo bem, tudo simplesmente acontecendo naturalmente, e como uma bala perdida, você é atingido, e tudo volta como antes. Tentamos mais uma vez, sair, desviar desse sentimente que insiste nos perseguir, mas ele não desiste.

 O nervosismo, a tensão, acaba atrapalhando de fato,o que realmente temos que focar. O que queremos. O que buscamos. E isso, acaba nos prejudicando, fazendo com que na maioria dos casos, tomando atitudes por impulso, ou simplesmente erradas ( ou não), perdendo o foco e por mais que não nos arrependemos mais tarde, no fim, sempre há o sentimento de culpa.

Muitas vezes pensamos no futuro, e esquecemos de viver o presente. Quando o futuro chegar, (se chegar) vamos ver que o que vivemos a vida inteira, foi uma eterna luta com nós mesmos, sempre buscando algo e esquecendo assim de viver.

E entre brigas e conflitos, a luta entre o bem e o mal, procuramos apenas a paz. Buscamos estar de bem com a vida, e independente da sua fé, qualquer que seja, não importa o Deus em que  você confia, mas sim em quem você confia e acredita, pois é nele que você irá buscar essa paz que lhe fará feliz.

19/07/15

diaenoite

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *